“Ruivas…verídicas!”

“…hoje eu consigo ter a coisa mais difícil do mundo até…ruivas verídicas!”

Compartilhe:Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on Reddit0Share on TumblrEmail this to someone

Comentários

  1. Marta

    Sou ruiva e tenho sardas no corpo todo, fiz dezenas de tratamento para clarear, inútil, clareva mas bastava um pouco de sol vinham com toda a força, desisti e assumi as minha sardas.

  2. Pedro Pascoal

    Muitos ruivos do Brasil sem ascendência direta com estrangeiros têm essas características herdadas dos normandos, que no século 16 tentaram fundar a França Antártica e a França Equinocial, no Brasil, e deixaram muitos descendentes caboclos com as índias tupinambás, caetés e potiguaras. A tia-avó de minha esposa era uma nordestina ruiva e sardenta de olhos bem claros, provavelmente de ascendência normanda (ela parecia uma senhora escocesa).

  3. Pedro Pascoal

    Numa viagem com minha esposa pelo interior do Nordeste, vi muitos ruivos, lá chamados de “geisel” por causa da semelhança física (cor, cabelos) com o ex-presidente do Brasil Ernesto Geisel, que era arruivado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *