Fatos Picantes Sobre Ruivos, por uma expert ruiva (Parte 3)

5. O episódio de South Park “Crianças Ruivas” resultou em violência documentada no mundo real (e provavelmente uma quantidade grande de bullying não documentado e desnecessário).

O episódio 11 da 9ª temporada de South Park (2005) começou com Cartman fazendo um trabalho escolar desprezível sobre uma doença chamada “gingervitis” (que pode-se traduzir em algo como “ruivicite”) e incluía a frase “crianças ruivas não têm alma”. O episódio estava abaixo da média para os padrões esplêndidos de sátira em South Park, mas engatilhou uma brincadeira de péssimo gosto no mundo real, chamada “Dia de Chutar um Ruivo”. O resultado foi de ameaças e bullying virtual à violência propriamente dita no Canadá, Califórnia, Massachusetts e Reino Unido (onde há um preconceito de longa data contra ruivos e Irlandeses). O que começou com uma tentativa de denúncia e exposição ao preconceito, escolhendo um alvo arbitrário para representá-lo (MIA usaria a mesma comparação em 2010 com o vídeo “Born Free”, dirigido por Romain Gavras), acabou “causando algo ridículo onde a sátira levou ao bullying e à violência real”, diz La Rosa.

Modelo em sessão fotográfica que retrata a beleza de Homens Ruivos, do fotógrafo britânico Thomas Knights. Em breve no Ruivos Mania, 😉

6. Não, homens ruivos não são malvados.

Se o estereótipo da raposa ruiva hiper sexualizada tem sido a maldição das mulheres ruivas, os homens ruivos têm lidado com suas próprias conotações extremamente negativas ao longo dos anos. O quão extremas? “Há uma ideia estranha e nada justa de que homens ruivos são maus,” escreve La Rosa. “E os cabelos ruivos têm um histórico conhecido e ultrapassado de serem percebidos como infames”. A pesquisadora La Rosa entrevistou o Professor de Novo Testamento de Notre Dame John Fitzgerald, que confirmou a existência de antigos textos sobre fisionomia e medicina no curso da história que diagnosticavam traços ruivos nos cabelos e pelos corporais como sinais de traição, falta de modéstia, raiva, desonestidade e ardileza.

Fique atento que ainda temos mais 4 curiosidades picantes sobre ruivos pela frente!

Perdeu a conversa? Recupere o tempo perdido nas partes 1 aqui e 2 aqui.

Quer ler o texto original em inglês? Clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *